Report Scillas's Profile

Statistics

Anime Stats
Days: 76.2
Mean Score: 5.04
  • Total Entries305
  • Rewatched33
  • Episodes4,541
Anime History Last Anime Updates

Access to this list has been restricted by the owner.

Manga Stats
Days: 2.8
Mean Score: 6.58
  • Total Entries64
  • Reread1
  • Chapters470
  • Volumes55
Manga History Last Manga Updates

Access to this list has been restricted by the owner.

Favorites

Anime
Manga
Characters

No favorite characters yet.

People

No favorite people yet.

All Comments (425) Comments

Would you like to post a comment? Please login or sign up first!
Sobayaki_ Yesterday, 10:07 AM
Aliás, esse Kakukaku é bom de ler? Eu conheço a autora ela parece ser um pouco fujoshi ksks

Não sei se já viu mas tem um anime dela sobre uma garota q mora junto com uma dragqueen se n engano, muito bom kkk
Sobayaki_ Yesterday, 10:03 AM
Oloco, n é só eu q prefiro mais o HxH antigo do q o "atual" ksjsk
Tiago_Vaz_007 Feb 25, 7:09 PM
Hyuuga_106 Feb 8, 10:54 PM
Opa, tudo bom sim e com vc? Achei seu perfil em um comentário que vc deu no perfil do Tiago Vaaz ksksk
Itsame_Carlos Feb 8, 6:59 PM
Opa, tudo bem comigo, e com você?

Pois é kkkkj, Tiago Vaz costuma fazer isso mesmo, e ele inclusive já me mandou uma tréplica e eu já respondi a ela kkkkkj. Fico curioso pra ver como essa discussão vai daqui pra frente.
Sobre a Asuka, admito que ela é, entre os 4 personagens "principais" de Eva (Shinji, Misato, Rei e Asuka) a que eu menos gosto. Mas isso de forma alguma é demérito dela, pelo contrário, eu gosto muito dela e ela é sim uma personagem bem escrita. A questão é que eu me cativei mais pelos outros, e acho que eles são objetivamente falando um pouco melhores mesmo (Shinji e Misato se desenvolvem de forma mais satisfatória, e Rei mesmo sendo um pouco mais estática é escrita de uma forma bem mais complexa).
Aí vem aquela questão da personalidade meio "tsundere" dela (Claro que o termo não existia na época em que Evangelion foi lançado mas enfim, ela meio que popularizou esse arquétipo na mídia), admito que eu acho ela meio irritante às vezes, o que não é necessariamente algo ruim pois imagino que essa tenha sido justamente a intenção do Hideaki Anno. O que eu realmente discordei do Tiago Vaz nesse aspecto foi o fato dele resumir toda a personalidade dela nesse único arquétipo, além de culpar a personagem pela popularização e saturação do arquétipo que existe até hoje.

Li seu texto e concordo completamente. Também acho que a forma e o momento na qual as atitudes da Asuka tiveram suas motivações reveladas foram incríveis, e também acho a cena da banheira sensacional (Uma das minhas cenas favoritas do anime inteiro inclusive). E mesmo não sendo tão fã da personalidade da Asuka, acho a "justificativa" incrível, e genuinamente aprecio a personagem por isso.
Tiago_Vaz_007 Feb 7, 3:34 AM
Obrigado por ter respondido.

Treplica:


Tiago_Vaz_007 Feb 5, 11:56 AM
Gostaria que você lesse meu texto, não é uma análise feita com base em teorias e interpretação como alguns fazem por ai, é uma análise pura da obra. Teorias qualquer um pode bolar e a grande maioria nem de longe são o que o autor pensou e quis passar.

Envangelion:

Aiwaiss Dec 3, 2020 12:47 PM
Obrigado hehe... Pode deixar que mando sim ;')
LucasRC Nov 12, 2020 2:03 PM
De boa, eu fiquei fora da minha conta quase 2 meses também kkkk
LucasRC Sep 20, 2020 9:49 AM
Normalmente todos fazem isso mesmo, veem que a indústria de anime é meio meh e vão pra filmes e afins. Mas sei lá, eu tenho um pouco de preguiça kkkk

Quando é mais interpretativo eu avalio a forma que a obra constrói isso e se realmente tem valor nas possíveis interpretações, mais ou menos isso. A ideia é sempre tentar alcançar um mínimo de "objetividade" possível, já que obviamente a crítica é parcial e a arte subjetiva...

Mas tá aí uma coisa interessante: como falei, é impossível ser imparcial. Logo, se a obra tem uma boa construção/estrutura mas ela não me atinge tanto, eu talvez não dê uma nota tão alta quanto uma obra que faz isso e me atinge. Eu gosto de levar isso em consideração.
Quer um exemplo? Ghost in The Shell. Eu dei 7.5 arredondado pra 8, mas dei essa nota porque eu acho esse filme muito chatão, saca? Se eu tivesse uma experiência um pouco melhor com a obra provavelmente eu daria uma nota mais alta.

No caso de Haibane (que é meu top) é interessante, inclusive é um bom exemplo. Em Haibane você pode avaliar o quão rico seu universo se torna com a adição dos simbolismos e filosofia, já que isso não é o texto principal. NGE é mais ou menos assim também, os símbolos religiosos e universo são subtexto.

Mas enfim, por que as perguntas? Queria comparar seus critérios com os de alguém?
LucasRC Sep 19, 2020 4:18 PM
"(não que eu fosse muito bom, apenas curioso)"; isso aí basicamente resume minha vida :D kkk.

Eu fiquei um período sem consumir nada também, mas o meu não foi tão extenso. Devo ter ficado uns 5 meses, por aí. Voltei lá por junho ou maio.
Ocasionalmente me dá vontade de abandonar o MAL de novo e foda-se, mas não tenho muita coisa além disso aqui pra fazer, saca? Então seria o mesmo que "parar de viver", de certa forma kkkkk

Rapaz, essa pergunta é difícil... Mas vamos lá:

Eu costumo pensar, primordialmente, nestas coisas se não eu me esqueço de avaliá-las:

Direção (o mais importante de tudo);
OST;
Diálogos.

Paralelo a essas três coisas, eu julgo o que exatamente a obra está fazendo, de que forma está fazendo e se isso é bom ou ruim. Essas três coisas podem dar ou tirar pontos. Por exemplo:

A obra é ambiciosa, executa bem sua proposta mas a própria proposta é ruim por si só; perde um ponto (esses pontos são subconscientes, não é como se eu ficasse pensando em números). Ex: Shoujo Kakumei Utena.

E as variações:

A obra não é tão ambiciosa, tem uma boa execução e sua proposta é boa/razoável por si só. Ganha dois pontos, mas deixa de ganhar um ponto por ela não ser ambiciosa (eu sei que isso parece ser bem oligarquista e negligente, mas na prática funciona). Ex: Eizouken ni wa te o dasu na.

E por aí vai...

Eu penso e avalio muuuuita coisa em (quase toda) uma obra (tem algumas que são mais simples de se avaliar), é bastante difícil de explicar tudo. Eu mesmo nunca anotei em algum lugar os meus critérios, exatamente por ser bastante relativo à obra em questão e por ser complexo demais, de certa forma kkk
LucasRC Sep 19, 2020 12:23 PM
É porque um outro cara que conheço me perguntou a mesma coisa que você esses dias, então eu sei mais ou menos o que o pessoal que curte Houseki fala kkkkk

Bom, 5 nos meus critérios é uma nota mediana, mas sim, eu faço bastante isso. Eu divido bastante o fator "gostar" do "achar ruim", sei que pra muita gente isso não faz sentido, mas é, na minha cabeça funciona kkkk
Um exemplo: se você ver minha nota/tag pra Love Live Sunshine vai parecer que eu detesto, mas na verdade eu adoro aquela baboseira.

Normalmente se o trabalho de direção/produção é minimamente decente e a obra é descontraída eu tenho tendência a gostar e me divertir hsaushuahs

Isso é o mínimo que consigo fazer pra não desistir de "ser crítico", já que na maioria do tempo isso é bem chato, mas tem certos conhecimentos que, quando adquiridos, te impossibilitam de voltar a ver obras apenas como "entretenimento" kkkk
LucasRC Sep 19, 2020 10:36 AM
Além disso o roteiro*** - Passando pra corrigir um errinho de concordância aqui
LucasRC Sep 19, 2020 10:19 AM
Rapaz, eu gostei da obra. Inclusive até assistiria uma 2ª temporada caso essa acontecesse.
Aliás, não achei ruim, só um pouco vazio... Por exemplo: se você pensar bem, meio que nada acontece nos 12 episódios. Calma! "Mas é um character-driven, o foco é a Phos e a obra faz bem isso"; sim, correto. A Phos é uma boa personagem. Mas o ponto é outro; eu acho a obra um pouco maquiavélica, pois ela praticamente desenvolve a Phos, saca? Os outros personagens são meros coadjuvantes sem vida e o universo é exposto em um único episódio (EP 4, se não me engano). Exposição essa que inclusive é bastante preguiçosa e barata - exatamente o que escrevi na minha tag kkk -, ela tira as possibilidades do espectador teorizar e de trabalhar com um subtexto paralelo ao da Phos.

Na minha tag quando digo "estrutura da obra não é boa" me refiro ao roteiro; por essas coisas que citei acima - mas também por ele ser um pouco repetitivo. As lutas, por exemplo. Elas são sempre iguais e sempre têm o mesmo fim ou algo semelhante. É diferente de, por exemplo, NGE que sempre inova a forma das lutas e os motivos delas existirem (sem comparações, apenas citando o recurso de narrativa). Além do roteiro, como falei de uma forma mais indireta, impede uma exploração mais assídua do universo (que é bem interessante)

Ademais, o episódio 12 é bem fraco... O pior de todos na minha opinião. Além de finalizar a série com um cliffhanger (??), ele não desenvolve praticamente nada, dá pra dizer até que é um fanservice.

São basicamente esses os motivos. Mas a obra é bastante interessante, eu curti. A direção/produção é bem boa.
Tiago_Vaz_007 Aug 18, 2020 8:24 AM
O que você espera da próxima temporada?

Dungeon ni Deai wo Motomeru no wa Machigatteiru Darou ka III — Não assisti as temporadas anteriores, não verei.

Golden Kamuy 3rd Season — Não assisti as temporadas anteriores, não verei.

Haikyuu!!: To the Top 2nd Season — Não assisti a temporada anterior, não verei.

Osomatsu-san 3rd Season — Não assisti as temporadas anteriores, não verei.

Seizei Ganbare! Mahou Shoujo Kurumi 3rd Season — Não assisti as temporadas anteriores, não verei.

Tsukiuta. The Animation 2 — Não assisti a temporada anterior, não verei.

Dragon Quest: Dai no Daibouken (2020) — Se esse remake/rebbot for só um pouco melhor que o primeiro será facilmente o melhor anime do ano.

Eternity: Shinya no Nurekoi Channel ♡ — Doze episódios, com 12 romances, e uma versão cesurada. Vou pegar!

Fumetsu no Anata e 0 — Vou assistir, gostei muito da sinopse, pois promete bastante em termos de enredo. Outro ponto é que o mangá também é muito bem avaliado, e relativamente conhecido. Por fim Yoshitoki Ooima é a memas criadora de Koe no Katachi.

Higurashi no Naku Koro ni (2020) — É um remake, olhei o trailer, parece está bem produzido e pelo banner promete que será mais violento. Apesar de conhecer a história ainda assim não assisti a versão antiga, então agora é a oportunidade e tomará que façam algo bom.

Mahouka Koukou no Rettousei: Raihousha-hen — A primeira temporada não é ruim, em alguns pontos foi muito boa, mas no geral é algo comum, com algumas falhas e até esquecível. No entanto vou assistir essa continuação porque as poucas imagens que saíram foram boas, até melhores que as da primeira temporada, e com esse estúdio promete uma boa ação.

Ookami-san wa Taberaretai — Vou pegar por conta da protagonista se atirar para conquistar o professor. Será um Romance com duas versões, com e sem censura.

Tonikaku Kawaii — Vou assistir, eu gosto de romance, e tem logo uma imagem de casamento no banner. A sinopse também empolgou bastante e o mangá é muito bem avaliado.

King's Raid: Ishi wo Tsugumono-tachi— O trailer não foi perfeito, mas está bem animado, e empolgou. Já a sinopse não tem nada demais nem de bom ou ruim. Regra dos três.

Ex-Arm — Não saiu trailer, não sei o nome de diretor, não sei qual é o estúdio e também o material original não é tão bem avaliado. Mas, é seinen de ficção cientifica e a sinopse não é ruim. Regra dos três.

Kamisama ni Natta Olá — É do mesmo criador de Angel Beats, o que é algo muito importante para se levar em consideração, mas não me agradei da sinopse. Regra dos três.

Noblesse — O trailer está interessante, tem coisas boas na premissa, contudo vampiro e escola não né, Crepúsculo não. Regra dos três.

Senyoku no Sigrdrifa — Gostei porque mistura com mitologia nórdica, porém não tem ainda um trailer, não sei quem é o estúdio, não tem material original e o diretor tem mais experiência dirigindo somente episódios. Ainda assim pode sair coisa boa, pois tem como criador o mesmo criador de Re: Zero. Regra dos três.

Taisou Zamurai — O compositor da serie é bom, tem outras composições de series de sucesso, e fez outros bons trabalhos como roteirista de episódios. Mas, a sinopses não me conquistou. Regra dos três.

100-man no Inochi no Ue ni Ore wa Tatteiru — Pelo trailer e pela sinopse me pareceu mais ou menos. Até valeria a regra dos três, todavia o material original é pessimamente mal avaliado, o diretor nunca fez nada, e o estúdio é novo. Pulei!

A3! Season Autumn & Winter — Outro anime de garotos músicos. Pulei!

Adachi to Shimamura — O trailer tem alguns cenários e design de personagens bonitos, já as luzes não estão bem. É um romance entre garotas que deve andar bem devagar e muito comedido. Pelo menos é do mesmo diretor e do mesmo estúdio de Toubun no Hanayome, mas eu vou pular. Pulei!

Akudama Drive — O trailer está legalzinho, contudo não é uma adaptação, e tanto o criador como o diretor nunca fizeram nada de sucesso para termos alguma confiança neles. No mais a sinopse não me ganhou. Pulei!

Animation Kapibara-san — Com certeza algum pseudointelectual querendo se passar por cult vai dizer que isso é bom. Pulei!

Assault Lily: Bouquet — Premissa indigesta de tão absurda, e com um trailer fraco. Pulei!

Gochuumon wa Usagi Desu ka? Flor — Anime de garotinhas com vida cotidiana da temporada. Pior o trailer só tem cenas estáticas, e sem nenhuma fala. Pulei!

Guraburu! — Eu acho que a comédia deste anime não vai funcionar comigo. Pulei!

Hanyou no Yashahime: Sengoku Otogizoushi — Novo Boruto da temporada. Quem lá tem essas ideias! Irei passar longe. Pulei!

Himitsukessha Taka no Tsume: Golden Spell — Tem quem curta, mas não é o meu tipo de animação. Pulei!

Hypnosis Mic: Division Rap Battle - Rhyme Anima — Anime chato de garotos músicos da temporada. Pulei!

Ikebukuro — West Gate Park — O banner é bonito, mas o trailer não me convenceu. A sinopse não tinha nada que me desagradasse, mas também não tinha nada fora do habitual para me conquistar. Por fim o mangá é ruim de avaliação e com popularidade baixa. Pulei!

Inu to Neko Docchi mo Katteru to Mainichi Tanoshi — Animação fraca e roteiro simplório. Pulei!

Iwa Kakeru!: Sport Climbing Girls — O Marco está vendendo esse anime desde o início do ano, mas acho que só ele acredita que é bom. Pulei!

Jujutsu Kaisen (TV) — Algo macabro que não me despertou interesse, nem por curiosidade, nem pelo terror. Para quem vai assistir pelo menos pelo trailer não parece que será algo mal produzido. Pulei!

Kami-tachi ni Hirowareta Otoko — Slimes, reencarnação, e mundo de fantasia de novo. Pulei!

Kimi to Boku no Saigo no Senjou, Aruiwa Sekai ga Hajimaru Seisen — Mais outro anime típico de temporada, o romance com ação da vez. Teria gostado mais se tivesse lido somente a sinopses, não que o trailer esteja tão mal produzido, mas isso fez o anime parecer muito mais clichê do eu achava. Pulei!

Kuma Kuma Kuma Bear — Somente coisas absurdas e chatas. Pulei!

Maesetsu! — Mais uma comédia com vida cotidiana de garotinhas. Pulei!

Majo no Tabitabi — Vou nem falar do trailer, e sinopses é mais ou menos. Está parecendo que pode ser um daqueles típicos animes que o Marco indica e nos arrependemos de termos acreditado nele. Se tivessem menos animes na temporada aplicaria a regra dos três, mas por enquanto vou pular. Pulei!

Maou-jou de Oyasumi — Bela adormecida procurando melhores lugares para dormir enquanto seu príncipe não aparece para resgatá-la. Pulei!

Munou na Nana — Anime com típica proposta absurda para colocar adolescentes lutando contra monstros. Pulei!

Ochikobore Fruit Tart — Anime de garotinhas idol. Pulei!

Rail Romanesque — Já teve garotas naves espaciais, garotas aviões, garotas navios, garotas cavalos, agora garotas trens. Já deu né? Pulei!

Strike Witches: Road to Berlin — Anime de garotinhas soldados, meio animais, com armas estranhas lutando em uma guerra. Pulei!

Yuukoku no Moriarty — Mais um anime fazendo mais outra releitura de Sherlock Holmes, com a diferença de foco no vilão. Estou saturado disso. Pulei!