WELLERSSON's Profile

Statistics

Anime Stats
Days: 59.6
Mean Score: 7.72
  • Total Entries408
  • Rewatched0
  • Episodes3,643
Anime History Last Anime Updates
Heppoko Jikken Animation Excel♥Saga
Heppoko Jikken Animation Excel♥Saga
Jan 23, 2:22 PM
Watching 8/26 · Scored -
Mitsuboshi Colors
Mitsuboshi Colors
Jan 22, 11:32 AM
Watching 3/12 · Scored -
One Piece
One Piece
Jan 22, 8:56 AM
Watching 58/? · Scored -
Manga Stats
Days: 2.3
Mean Score: 9.75
  • Total Entries31
  • Reread0
  • Chapters407
  • Volumes23
Manga History Last Manga Updates
Tokyo Ghoul:re
Tokyo Ghoul:re
Jan 21, 5:41 PM
Plan to Read · Scored -
Tokyo Ghoul
Tokyo Ghoul
Jan 21, 5:41 PM
Plan to Read · Scored -
Hentai Ouji to Warawanai Neko.
Hentai Ouji to Warawanai Neko.
Jan 19, 10:33 PM
Plan to Read · Scored -

Favorites

All Comments (469) Comments

Would you like to post a comment? Please login or sign up first!
VicRock14 Jan 22, 1:53 PM
A temática deles é praticamente a mesma, não tem tanta mudança nesse aspecto, acho que o que mais muda é a forma como trabalham essa abordagem.

Não apenas por isso obviamente, mas esse foi o momento que me mostrou a real qualidade de Vinland Saga.

Não sei, até porque Tokyo Ghoul é bem inconsistente nesse quesito. As vezes tem capítulos merdas e logo em seguida vem capítulos sensacionais(inclusive o capítulo de hoje foi bom).

Porra, aí tu quer me fuder kkkkkk, mas acho que talvez seria algo assim:


Verdade, mas isso é porque o Oda tem a mania de toda ideia que ele tem ele quer enfiar dentro da obra.

De vez em quando sim, mas muitas nem sentido fazem.

Quando a dublagem é boa eu até não me importo, tanto que Mushishi eu vi dublado(mas esse foi porque não achei em bluray legendado, mas a dublagem em si ficou boa até).
VicRock14 Jan 22, 10:41 AM
Também acho, mas ainda assim é impressionante o nível de desenho do cara.

Tem a mudança temática do Vinland Saga eu acho sensacional, foi o motivo que me fez dar 10. Acho que é só essa que me lembro de cabeça.

Não, ainda mais que os capítulos mais recentes foram bem ruins. Mas eu ainda tenho esperança que o final vai ser algo bom e criativo.

Sim, o Oda é um cara que tem muita noção da própria obra, mesmo que as vezes ele queira colocar coisas demais e acabe enrolando um pouco.

Conheci num vídeo da LBTV onde falavam sobre animes dublados, e esse me chamou a atenção.
VicRock14 Jan 22, 6:16 AM
O cara melhorou absurdamente a arte dele, e fez isso semanalmente.

A arte é igual ou até melhor como a segunda imagem que eu te mandei por uma boa parte do mangá, principalmente em um dos melhores arcos da obra.

Defina mudanças temáticas, esse é um termo muito abrangente.

Aí já é spoiler.

Não, Tokyo Ghoul é bom mas os outros são melhores ainda.

Mas é possível perceber que o autor de Vinland tem noção do que ele tá fazendo. Coisas que acontecem no capítulo 7 fazem diferença no capítulo 70.

Verdade, e olha que Steins;Gate vem de visual novel.
VicRock14 Jan 21, 6:51 PM


Não é interpretativo, ele só tem muitos símbolos que ajudam no entendimento da história e dos personagens.

Por que eu prefiro o re? Pois praticamente tudo foi melhorado: Arte, história, personagens, simbolismos, etc... Não sei como o autor conseguiu fazer uma arte daquelas semanalmente.

É difícil ver um mangá que tem uma história pensada desde o começo, acho que os únicos que conheço são o FMA, Monster e Vinland Saga.

Sim, mas isso eu até que parabenizo Steins;Gate por ser bastante didático na explicação da viagem no tempo, não fica algo absurdamente confuso de se entender.
VicRock14 Jan 21, 6:29 PM
Os simbolismos da obra, a arte do autor que melhora bastante depois, a história em si que é boa, o Kaneki e o desenvolvimento dele.

O re é muito mais focado nos simbolismos, já o primeiro mangá nem tanto, então se a pessoa não se acostuma com essa mudança é capaz dela não gostar tanto.

Eu falei os defeitos no meu comentário anterior.

Eu prefiro o re, acho bem melhor.

Nem sempre, algumas vezes eu leio online mesmo.

Pois 5 cm é basicamente 3 episódios que junto formam um filme e Hoshi no Koe é muito curto, então Kimi no na Wa é o único que apresenta uma estrutura cinematográfica.

Até porque pressa para adaptar eles não tinham já que o mangá já tinha terminado, então era só fazer um bom trabalho e tudo certo.

Precisa, mas não é uma parada tão absurda como por exemplo o Ale fala, dizendo que é uma parada super complexa e os caralho.
VicRock14 Jan 21, 6:09 PM
Tudo que o mangá faz bem o anime joga fora, só presta a trilha sonora daquilo.

O mangá tem seus defeitos: Tem excesso de personagens, a arte no começo é bem ruim, o worldbuilding é bem fraco. Mas as coisas boas na obra compensam bem mais.

Eu discordo mas entendo, até porque o re é uma leitura bem diferente do primeiro mangá e, além disso, ele ainda está em lançamento.

Quais o que?

Bom, o preview do anime fala re separado, mas por motivos de spoiler eu acho que re é junto, pois é uma palavra existente.

Tokyo Ghoul eu li em qualquer site de mangá, a maioria tem ele traduzido.

Eu também considero o melhor filme pois do que eu vi dele Kimi no na Wa é o único que é um filme de verdade.

Verdade, FMA é um que se dá bem nos dois quesitos, até porque eles tiveram tempo e verba para fazer uma adaptação bem feita de um mangá bem feito.

Criativo eu também acho que é, mas é bem forçado.

Eu achei Steins;Gate bem tranquilo de entender, acho que ele requer o mínimo de atenção como qualquer outra obra que se leve a sério, mas isso varia da experiência de cada um enquanto assiste.
VicRock14 Jan 21, 1:49 PM
De certa forma sim, é complicado explicar para alguém que não leu o mangá, mas de certa forma tem muitas cenas onde tu acha que o Kaneki é uma coisa e no capítulo seguinte tudo aquilo é jogado pela janela.

Não sei, talvez abaixo de Baccano. É um bom mangá mas ele tem alguns defeitos que me incomodam.

Acho que era, mas até onde eu vi ele usa isso uma vez.

Os roteiros simples do Shinkai eu gosto, mas quando ele tenta fazer algo mais complexo tipo Kimi no na Wa eu acho que ele se perde um pouco.

Sim, mas é que daí tem duas formas de avaliação: Ou você avalia pelo padrão do estúdio e tudo o que ele fez(que é nesse ponto que Beck me incomoda) ou você pode avaliar dentro de um contexto de animação em geral(onde Beck se mantém constante).

Eu só não gosto muito do final da parte 2, de resto a maioria é muito bom mesmo.

Verdade.

Esse de Shounen é um bom exemplo, os vídeos dele de JoJo também tem muitas informações erradas(e olha que não tinha nada para se pesquisar nesse ponto). Eu adoraria poder citar o vídeo dele explicando Steins;Gate mas como eu me recuso a ver um vídeo dele explicando o óbvio de um anime fácil de entender não posso opinar.
VicRock14 Jan 21, 12:38 PM
Pra mim o melhor nesse exemplo é o Kaneki, a forma como ela vai mudando ao longo da obra é fantástica. Ele começa uma coisa e muda completamente no final, e isso só no primeiro mangá.

Parece não, é um lixo. As pessoas só gostam pois o protagonista tá dentro de um videogame.

O Shinkai é bom mesmo nesse quesito das emoções, mas os filmes dele as vezes deixam a desejar no roteiro na minha opinião.

Sim, mas eu disse que era feia pro padrão Madhouse, porque se comparar com animes daquela época Beck é muito bom(e ainda tem a trilha sonora absurda do anime).

Verdade, mas é porque o Araki é um cara criativo pra caralho, por isso que sai uns finais desse jeito.

A Olivier eu gosto pois ela exerce bem a função dela dentro da obra, mas como personagem em si acho ela mais ou menos.

O Kitsune pesquisa pelo menos antes de falar, diferente do Alexandre que basicamente dá a opinião dele como se fosse verdade e muitas vezes não faz a menor ideia do que está falando.
VicRock14 Jan 21, 11:05 AM
Mas foi uma boa piada igual kkkkk. mas eu entendi o que você quis dizer, e realmente é isso que acontece com a Phos, é algo totalmente diferente do que eu já tinha visto.

Aí depende muito, no caso do Inveja funciona pois toda a história ele foi um filho da puta e no final ele teve a redenção dele explicando, mas isso varia de obra pra obra.

Pois tu não consegue entender nenhuma das ações do Kirito, ele está em um romance que tu só entende um lado da história, não tem a impressão que tem duas pessoas no romance. O Kirito acho que é pior que o Jotaro, entra mais uma vez no fato de não conseguir compreender as ações dele ou o porquê dele fazer as coisas que ele faz.

Eu gosto bastante do Shinkai, mas ele ainda tem um longo caminho pela frente para chegar no nível de um Miyazaki da vida(que é o meu diretor de anime favorito).

Pois o anime não adapta tudo, então de um jeito ou de outro teria que ir pro mangá, além de que não gostei muito da animação, e olha que é da Madhouse se não me engano.

Já sabia tudo o que acontecia na parte 6 mesmo, então li só o final.

A Izumi é um ótimo exemplo de personagem feminina forte, acho que praticamente todas as personagens femininas de FMA são assim.

O que eu acho engraçado também é que muitas das coisas que ele falou que são comuns em shounen tem em Shingeki, Hunter X Hunter e FMA, que ele diz que são desconstruções ou que as vezes não se encaixam no "gênero". O correto seria ele usar demografia, já que demográfica é uma característica de algo; e também me mostra como o Ale não faz a menor ideia do que ele tá falando já que nem a palavra ele conhece.
VicRock14 Jan 21, 10:03 AM
Sim, e gostei da piada não intencional da Phos ser destruída e remontada, ficou legal.

Acho bacana, gosto quando o personagem tem um motivo pras coisas que ele faz, fica mais realista.

Pois a premissa de SAO é vencer o jogo mais rápido possível para sair de dentro dele, e do nada o Kirito para esse objetivo para namorar, além de que eu não consigo entender o porquê dele gostar da Asuna, é um romance muito artificial. Ah tá, mas o Kirito é vazio justamente por ele não ter característica nenhuma, ele é quase um robô.

Sim, mas o nome dele ficou como lenda, não a pessoa em si, tanto que o moleque que ele encontra não se lembrava dele. E essa frase dele é muito boa.

Eu ainda prefiro o Yuasa ao Shinbou, até porque o Yuasa faz mágica quando adapta algo. Em Ping Pong ele adaptou um mangá de 5 volumes em 11 episódios e ficou muito bem feito.

Mas eu droppei pois perdi a vontade e vou acabar lendo o mangá, mas o anime ainda assim é muito bom.

Eu li o final pois tinham me falado que ele era bem diferente dos shounens comuns, e realmente era.

Ela é uma mulher normal, a única coisa que ela é o tipo de personagem que age quando a situação pede, sem ficar com esse discurso que você não gosta.

O Nisio ainda fez Katanagatari e Zaregoto, que devem vender bem já que levam o nome dele.

Tu viu o vídeo do Ale falando sobre Shounen? Eu acho muito legal que nem o português ele sabe, já que demográfica é um adjetivo, e não substantivo.
VicRock14 Jan 20, 7:56 PM
O Simon é outro muito bem desenvolvido, ele entra naqueles casos raros de personagens que estão sempre em constante evolução. Mas desconstrução não deixa de ser uma espécie de desenvolvimento, principalmente com as mudanças da Phos.

A animação é bacana até, a trilha sonora também é decente. Dão a ideia errada pois os 3 primeiros episódios parecem ser de uma história de ação onde o protagonista age sozinho e tudo mais, só que depois vira praticamente um slice of life de namoro, é muito mal feito. Não, não tem nenhum personagem que eu goste nessa bagaça. E como assim o Kars?

Que bom que já está no fim, melhor do que ficar enrolando pra sempre.

Eu não consigo me lembrar, minha memória não é lá essas coisas. Mas eu até gosto do final do Simon, acho de certa forma interessante ver a ascensão e a queda dele como lenda.

O Shinbou tava locaço, mas ficou legal já que Zetsubou Sensei é chapado pra cacete também.

JoJo me apresentou muitas bandas das quais eu sou fã, tipo Dio e King Crimson. Se quer um bom anime e um bom mangá sobre música eu recomendo Beck, é muito legal.

Da parte 5 eu li uns 10 capítulos, já da 6 eu li uns 3 capítulos de começo e o volume final inteiro. Mas sei lá porque ele se veste daquela forma.

Mas do pouco que eu vi da Jolyne ela não chega a ser assim, não é esse estereótipo de mulher forte.

Eu sei, mas ainda assim uma das grandes graças da obra é ser mais do que um anime de menininha fofinha, tendo esse lado mais terror.

O Nisio já fez novel pra Holic, Death Note e JoJo, fora as séries originais dele que vendem pra cacete, ainda mais agora que vieram pro Ocidente.

Quem tu acha que é então? Não vou falar se está certo ou errado, só pra eu saber mesmo.
VicRock14 Jan 20, 6:30 PM
Eu também considero o desenvolvimento a coisa mais importante para um personagem, tanto que personagens como a Phos e o Kaneki são alguns dos meus personagens favoritos justamente por isso.

A história é ruim, cheio de Deus Ex Machina, a direção é horrorosa, o Kirito é um personagem vazio, e os 3 primeiros episódios de dão uma ideia completamente errada. Eu assistia uns 5 episódios por ano, era o máximo que aguentava.

O mangá já está no fim né?

Vou te falar que não me lembro do que acontece com a Yoko no fim de Gurren Lagann, só me lembro do final do Simon e do Viral.

Mas o Shinbou tava muito chapado fazendo Zetsubou Sensei, até mais que o normal.

É muita vergonha alheia, mas te digo que o único canal do Pipocando que eu realmente acompanho é o de Música, já que tem o Junior e ele entende bastante da área.

O Giorno nunca me agradou, talvez lendo mais da parte 5 eu mude de opinião. Sim, mas ela é bem engraçada na maioria das vezes, tanto que a primeira cena dela na obra é muito boa. Você odeia personagens femininas fortes?

A culpa não é minha que essa era a premissa de Gakkougurashi, até mesmo em guias de temporadas de diversos sites o anime sempre era colocado no gênero terror.

Sim, embora Monogatari os japas adoraram, não é a toa que é o bluray de anime mais vendido de todos os tempos.

Vou te falar que nem eu sabia que o D4C era sem alcance, pra ti ver como não é importante na obra. É um pouco de spoiler, mas nada muito grande, contanto que você não saiba o usuário tá de boas.
VicRock14 Jan 20, 1:24 PM
Não, são outras personagens.

Eu prefiro mais a construção, mas no caso do Shinra e da Celty eles são muito carismáticos justamente por ajudarem as pessoas.

O ódio é porque SAO é uma merda, eu demorei uns 3 anos só pra ver 15 episódios de tão ruim que era.

Ainda bem, pois todo o assédio em cima da mina é muito ruim, uma piada completamente sem graça.

Quebra realmente muito o ritmo, a única coisa é que dá um motivo pra Yoko voltar pra história, pois se ela surgisse do nada ficaria meio forçado. Mas poderiam ter arranjado um jeito melhor.

E Zetsubou é da Shaft e do Shinbou se não me engano, então sabe que a direção é excelente.

Acho que é no Fala Otaku sobre Fullmetal Alchemist.

O Pipocando eu até gosto do conteúdo, mas realmente eles forçam bastante os diálogos.

O poder da Jolyne é transformar o corpo dela em fios. A Jolyne talvez entre, logo no primeiro capítulo já vemos o carisma dela.

Eu não sei quantas páginas são exatamente, mas posso te garantir que na edição definitiva são bastante.

Eu já sei a premissa, me lembro que na época que saiu ele estava classificado como horror, mas eu tenho que assistir mesmo, nem que seja só para falar mal.

Não sabia dessa, mas eu até entendo visto que o Kubrick tava muito a frente de seu tempo, a direção do cara era de outro mundo.
VicRock14 Jan 20, 11:58 AM
Tem até, mas aparece só na segunda temporada.

O Shinra e a Celty eu acho que tu vai gostar, eles são muito carismáticos e são umas das melhores pessoas nesse anime.

Verdade, mas melhor Koe no Katachi do que o filme de Sword Art Online.

Eu não gosto muito do Meliodas por ele ficar apalpando a Elizabeth do nada.

Ela até tem aquele negócio com as crianças, mas não funciona direito.

Zetsubou Sensei usa muito de imagens para humor, principalmente imagens de fundo, sem contar que as vezes a crítica dele não é explicita e a pessoa precisa pegar algum detalhe para entender.

Sim, tem coisas que a gente tem que relevar, afinal é como o Kitsune deu exemplo: "A gente tem que relevar as coisas, se não eu nunca teria passado do primeiro episódio de Cavaleiro dos Zodíacos pois eles não montam em nenhum cavalo".

E também que a qualidade dos vídeos são bons, não é só ligar a câmera e falar qualquer coisas, muitas vezes tem um roteiro por trás.

Esses ainda são os poderes normais, tem um cara que tem o poder do mofo.

São bem grandes, tanto que Sandman originalmente foi publicado em 75 edições, e na definitiva são apenas 4. Agora que você mencionou Gakkougurashi, esse é um que não tenho a mínima vontade de ver, e se eu ver é capaz de não gostar.

Não, O Iluminado é bem reconhecido entre a galera do cinema, tanto que é considerado um dos melhores filmes de terror de todos os tempos.
VicRock14 Jan 20, 11:20 AM
Provavelmente tu não vai gostar, pelo menos na primeira temporada, nas outras o Izaya até mostra um lado mais humano.

Fico pois a ideia do Oscar é ganhar o melhor filme, independente se o filme vencedor for bom.

O Asta tem um design muito genérico, até o a transformação dele é igual a do Meliodas.

Concordo completamente, ela fica de birra quando algo que ela não gosta acontece e ainda desconta nos outros.

Pois Panty & Stocking é mais explícito e usa mais piadas sexuais, o Zetsubou Sensei é bem mais voltado aos detalhes.

Até onde eu li(que foram 16 volumes) a história me pareceu bastante clichê, mas quem sabe na saga que eu parei(que falam que é a melhor) as coisas mudem.

Sim, mas ainda assim se formos parar pra pensar são coisas que não fazem sentido, mas eu até ignoro isso, só quem é muito chato para considerar isso um defeito.

O Video Quest sempre postava vídeos quando dava, não tinham um cronograma pros vídeos, até por conta de trabalho a faculdade.

Sim, até porque as partes 1 e 2 são bem mais normais do que as outras, tanto em questão dos poderes quanto na arte.

Pois ainda não li inteiro, por isso que não dou 10. Sim, é muito caro, mas a qualidade é absurda.

O filme se chama O Iluminado, do Stabley Kubrick, e é um filme de terror sensacional, e olha que eu não gosto de filmes de terror.