Report Jyoze's Profile

Statistics

Anime Stats
Days: 41.8
Mean Score: 6.96
  • Total Entries138
  • Rewatched33
  • Episodes2,437
Anime History Last Anime Updates
Tokyo Ghoul
Tokyo Ghoul
Jul 13, 2014 7:12 AM
Watching 2/12 · Scored -
Zankyou no Terror
Zankyou no Terror
Jul 13, 2014 7:11 AM
Watching 1/11 · Scored -
Tekkon Kinkreet
Tekkon Kinkreet
Jul 6, 2014 11:17 AM
Completed 1/1 · Scored 6
Manga Stats
Days: 13.4
Mean Score: 6.89
  • Total Entries43
  • Reread2
  • Chapters2,412
  • Volumes160
Manga History Last Manga Updates
Ao no Exorcist
Ao no Exorcist
Jul 5, 2014 4:44 AM
Reading 52/? · Scored -
To LOVE-Ru Darkness
To LOVE-Ru Darkness
Jul 5, 2014 4:43 AM
Reading 44/100 · Scored -
Shingeki no Kyojin
Shingeki no Kyojin
Jul 5, 2014 4:41 AM
Reading 57/? · Scored -

Favorites

All Comments (211) Comments

Would you like to post a comment? Please login or sign up first!
mangafreakZX Nov 10, 2012 12:40 AM
Cool avatar.
DunnoKrad Jun 4, 2012 7:06 PM
Noes o.o
Inorin May 10, 2012 7:10 AM
Nao, infelizmente nao consegui ir visto que estava a trabalhar x:
DunnoKrad Apr 6, 2012 9:50 AM
secret :3
hontobaka Mar 31, 2012 9:37 AM
Bem, aqui está (finalmente) a prometida resposta "em condições". Tipo, a sério, entre consultas, part-time e escola, a única coisa que faço é ver anime (thank god que ao menos para isso consigo arranjar uns bocadinhos). Anyway, agora as coisas estão finalmente melhores com as tão esperadas férias da Páscoa, apesar de a primeira semana ter sido passada quase inteiramente a fazer uma limpeza a fundo à casa. (Lavar tectos e paredes, tirar tudo dos móveis, - os livros das estantes, etc - lavá-los e dar óleo...) Enfim, uma trabalheira^^ Lá pelo meio lá consegui ver quatro episódios de anime mais uns specials de Shakugan no Shana e fazer um novo design para a minha lista.

Primeiro que tudo, tenho uma pena enorme de não ter podido ir ao Iberanime. Foi simplesmtnte por não ter onde ficar, já que em qualquer outra situação ficaria na casa da minha prima, mas este evento tinha logo de calhar no dia de anos dela... Claro que ela tem a vida dela e ia sair até às tantas, etc, etc, pelo que seria bastante mau intrometer-me na sua vida. A seguir, agradeço-te por mandares a informação acerca de como reclamar o prémio. (A qual, digo-te já, terei mesmo de utilizar, visto que não me contactaram.) Fiquei super contente com o facto de ter ganho, a sério, não haveria melhor recompensa para o trabalho que aquilo me deu a fazer xD

Quanto aos concertos a que gostaria de assistir, não há assim muitas bandas das quais eu goste de um grande número de músicas. Aliás, as minhas músicas favoritas até são de bandas das quais não gosto de quase mais nada (ex.: "Life is Beautiful" - Sixx: AM. Deles só gosto de "This Is Gonna Hurt" - muito até - e de "Tomorrow"). Anyway, gostaria de assitir a concertos de Within Temptation (top of the list, for sure), Skillet, Paramore, Red, Alesana e In Fear and Faith.
E já que falamos de música - quais as tuas OP/EDs favoritos de 2011?

Sim, mas a total falta de conclusão é sempre frustante. Deixar alguns elementos para especulação num final é uma coisa completamente diferente de fazer um trabalho totalmente desprovido de directrizes consistentes. Todo o tipo de entertenimento em que deixar coisas em aberto resulta num estímulo ao espectador dá directrizes para uma compreensão do sucedido, mesmo que tais não sejam lineares ou objectivas. A sério: no mínimo tens o "world building" ao longo da série para te baseares. O caso de SEL é horrível, já que todo o suposto "world building" não está ele mesmo assente em nada, ou seja, todas as observações que consegues obter acerca da setting são, já em si, especulação. Logo, qualquer conclusão daí derivada tem duplo grau de incerteza. (E sim, a ausência de som em SEL chega ao ponto de poder ser considerada tortura xD)
Nunca tive quaisquer problemas com a voz do Soichirou (não que o personagem tenha faldo muito anyway) e nunca ouvi mais nenhum personagem minimamente relevante para poder dar a minha opinião noutras roles pelo que não sei que dizer. Mas se a voz te irrita mesmo, então percebo perfeitamente que tenha diminuido o teu "enjoyment". (Eu por exemplo não suporto algumas roles da Hanezawa Kana, apesar de toda a gente gostar dela. E yep, eu sei que ela está nos teus favoritos, mas estou apenas a ser sincera. Na verdade, eu gostei bastante de a ouvir como Hugh (Dantalian no Shoka), Anri (Durarara!!), Charlotte (IS: Infinite Stratos), Suou (Darker Than Black), Sharon (Pandora Hearts) e Kuroneko (Ore no Imouto), e tenho também algumas roles que considero bastante neutras: tipo Kanade (Angel Beats!) - se bem que essa é borderline entre o "neutro" e o "não gosto", Cleo (Break Blade), Ayase (Guilty Crown), Tsukime (Kuragehime) e Yuuki (Moshidora) mas também posso afirmar que a detestei como Shiemi (Ao no Exorcist), Nadeko (Bakemonogatari), Mato (Black Rock Shooter), Touko (Bungaku Shoujo), Mayuri (Steins;Gate), Mikan (To-Love Ru) e, acima de tudo o resto, Nessa (Fractale) e Shiro (Deadman Wonderland) - não suporto as vozes dessas duas personagens.) Mas por que é que isto acabou de se tornar num ensaio da minha preferência de seyiuu? Não faz qualquer sentido, já me estou a dispersar º_º

Bem, a interrupção de Fate/Zero até veio a calhar já que... me deu tempo para ler as novels. (Não consegui resistir xD) As quais são, já agora, uma autêntica masterpiece. Espero que isto não influencie a nota que darei ao anime, já que reconheço serem dois meios muito diferentes, e que a introspecção presente num livro nunca pode ser totalmente transmitida num ecrã de TV. Anyway, acho que ufotable fez um excelente trabalho até agora e se continuar assim, a segunda metade vai ser awesome. Até porque está cheia de cenas de acção absolutamente espectaculares. (Can't wait to see Saber vs. Rider animated. Seriously can't. Ah, e Kiritsugu vs Kirei - isso vai ser awesome as well.) Isto para não falar no desespero de todos os personagens, já que o resultado final vai ser o pior possível para... quase toda a gente, para ser honesta. O que não tira nada do quão bem escrito e imaginado está.

Bem, toda a gente gosta do Rider (na verdade, acho que é impossível não gostar do Rider), se bem que eu nunca fui assim uma tão grande fã (converti-me ao ler o último volume though - e aproveito para dizer aqui que o character development do Waver é excelente, do melhor que já vi). Anyway, sim, o Rider é bastante carismático, o que não só se mostra em cituações cómicas como também em momentos mais sérios. (Eu juro que as justificações para o seu argumento naquela discussão sobre o modo de reinar no episódio 11 não eram tão melhores assim do que as da Saber. Mas a maneira de ele se expressar... Eu acho que concordava se o homem dissesse que o céu era verde às riscas. A Saber, pelo contrário, explicou-se da pior forma possível. Bem, ela tem mesmo problemas em expressar-se. E em compreender os outros também. E a ela mesma. Bem, na verdade, acho que ela tem uma data de problemas de personalidade xD Mas é são esses conflitos interiores e aquela enorme determinação de corrigir os erros do passado que fazem dela a minha personagem favorita. (Acho que tenho algo por personagens que dão tudo e mais alguma coisa por um objectivo sem nunca desistir. Also, 4th novel so sad...)

Sim, melhorou bastante em termos de character development nos últimos episódios. As conversas do Gilgamesh e do Kirei, o banquete dos reis e as cenas entre o Waver e o Rider no episódio 12 foram bastante boas nesse aspecto. No entanto, depois de ler as novels, acho que continua a falhar no character development de um certo personagem que, ironicamente, é o protagonista - o Kiritsugu, A este ponto, na novel já se devia perceber bastante a razão da contradição entre os seus ideais e as suas acções, algo que não achei que se percebesse muito bem apenas pelo anime. O problema é que, ao contrário do que se passa com o Kirei, no caso do Kiritsugu a maioria do character development é conseguido com momentos de introspecção e descrição dos pensamentos do personagem, o que acaba por ser muito mais difícil de adaptar do que um diálogo. Por outro lado, a maior parte do development para o Kiritsugu vem na segunda metade anyway, pelo que espero que façam um bom trabalho com isso, já que o acho um personagem bastante interessante até.

Quanto à questão que puseste acerca da luta entre o Kiritsugu e o Kayneth (a qual concordo que esteja fantástica^^ - a minha terceira favorita na novel (Saber vs. Rider > Kiritsugu vs. Kirei > Kiritsugu vs. Kayneth > Gilgamesh vs. Berserker > Saber vs. Lancer round 2 - esta última mais pelo development que constitui do que pela luta em si) e a melhor da primeira metade do anime), acho que após o episódio 8 já deves ter percebido. Mesmo assim, passo a explicar. Tens toda a razão que dar uma hipótese ao Kayneth de se defender não tem nada a ver com os métodos do Kiritsugu. Mas chamar o Kayneth for talvez a coisa mais inteligente que ele fez nesse episódio xD O Mystic Code do Kayneth (aquela coisa de mercúrio com o nome esquisito) move-se automáticamente. Uma defesa automática muito mais eficiente do que qualquer método que dependa da reacção do utilizador (daí ele se ter defendido das armadilhas que não esperava à entrada do castelo). Ele chamou o Kayneth para que este estivesse ciente da situação, pois sabia que o poder de penetração dos projécties da Thompson era capaz de passar pela barreura de mercúrio. Quer o Kayneth tivesse reparado no que se passara ou não, o seu Mystic Code reagiria do mesmo modo, mas assim o Kayneth percebeu que aquela arma era diferente. (Daí também o Kiritsugu ter descarregado a semi-automática primeiro, para lhe dar confiança). Assim, da próxima vez que o Kiritsugu disparasse, desta vez com uma das Origin Bullets, o Kayneth iria aumentar a espessura do mercúrio, transferindo mais prana para o seu Mystic Code e expondo assim ao máximo os seus Magic Circuits ao poder da bala. The end. Mas muito sinceramente até não achei isso difícil de perceber, embora na novel esteja melhor explicado. O que não gostei foi de como adaptaram a cena da Maiya & Irisviel vs. Kirei. Tipo, no anime parece que ambas ficam feitas parvas a olhar enquanto ele partia a árvore... Mas tipo, a Irisviel não se podia mexer ou sequer perder a concentração ou lá se iam os fios, e a Maiya estava a tentar levantar-se (o que não parece lá muito) pois não conseguia apontar à cabeça - o único ponto vulnerável do Kirei - daquele ângulo mas como tinha várias costelas partidas... Well, whatever, mas podiam tê-lo feito mais fácil de perceber. No fundo, e apesar de tudo, não há como ver certas cenas animadas, e mesmo após ler o material original, digo que não poderiam ter feito muito melhor. Estão a fazer um excelente trabalho com a adaptação até agora (can't wait for April 7th).

A identidade do Berserker só é revelada no último terço do último volume. E bem, digamos que isso torna a luta em questão bastante anti-climática (se bem que o início não deixa de ser espectacular).

Ah, e sabes uma coisa? Quando primeiro vi Fate/Stay Night, achava a Rin bastante irritante. Em UTW nem tanto, mas agora, após ler o prólogo de FSN (a visual novel) e Fate/Zero, acho que finalmente percebo o porquê de tanta gente a achar uma boa personagem (apesar de ela ter apenas 8 anos e não aparecer lá muito). Tenho de ler o resto da VN para formar uma opinião mais sóldia though.

Continuo a não tencionar ver Phi Brain mas... eh pá, surpreendeu-me o facto de ir começar agora uma segunda season. Aquilo teve algo sucesso de jeito?

Bem, não é só o hipnotismo e a materialização de uma mota mas posso dizer que, no geral, tais pormenores são bastante "overlookable". No entanto, o meu entusiasmo por Mirai Nikki tem diminuido um pouco nestes últimos episódios (apesar de ter adorado este último twist sobre a Yuno - não gostei foi do facto da Yuno da outra... "worldline?"xD ter ouvido a voz do Yuuki, achei que foi estúpido fazerem isso só para o drama mas pronto...). Espero realmente que o final esteja "safo"^^

Guilty Crown... Foi a coisa mais difícil à qual tive de dar um rating esta season. Digamos que... eu tenho esta coisa de não fazer "drop" de nada, mas se fosse a ti gastava o meu tempo com outra coisa. A história parace ser inventada enquanto as coisas sucedem, os personagens mudam de atitude como quem muda de roupa e o final não explica uma data de coisas Já para não falar de que o que o Suichirou está a tentar atingir é ..................uma versão barata do Human Instrumentality Project. Como explicado em 10 segundos pelo Gai num momento estranho de uma realidade alternativa que dura os referidos 10 segundos. Muito sinceramente a única personagem que se mantém consistente durante o anime é a Ayase e, até certo ponto, o Shu, já que as oscilações no seu comportamento têm explicações aceitáveis em termos de character development. Além disso acho que devo referir o momento em que decidem enfiar num episódio um flashback de uma conversa entre a Inori e o Shu, a qual, é claro, nunca existiu em episódios anteriores, para justificar atribuirem de repente uma personalidade à Inori e dar-lhe a determinação necessária para, inexplicávelmente ir "Super Saiyan", tranformando-se na versão Take Over da Mirajene - "Satan Soul". (E si, misturar Dragon Ball com Fairy Tail é a única forma de explicar tal momento tão estúpido.) Apesar de tudo isto, Guilty Crown é algo que não achei boring. Mau em termos de plot, terrível em termos de personagens, mas ainda assim, graças ao pacing rápido, ainda que errático e em grande parte devido aos visuais bastante bons e à excelente OST e "insert songs", consegue entreter bastante. Daí ter sido difícil dar um rating.

By the way, aproveito para dizer isto: não sei se já raperaste, mas fiz uma completa reformulação dos ratings da minha lista. Decidi que dava ratings demasiado altos e não fazia distinção suficiente entre determinados anime. Daí ter criado uma spreadsheet no Excel, de modo a conseguir dar ratings mais objectivos. Tipo, tenho colunas em que dou uma nota separada, de 0 a 100, aos vários aspectos relevantes, os quais têm pesos relativos diferentes (Story: 30%, Characters: 25%, Art & Animation: 15%, Music: 10%, Enjoyment: 20%) e uma coluna final que me dá a nota final, arredondada às centésimas (a qual arredondo às unidades para pôr aqui no MAL, é claro). Isso não só garante uma visão mais objectiva, já que não decido o rating final mas apenas o rating de cada uma das categorias, e ponho apenas o valor que lá me aparece, como proporciona a possibilidade de comparação entre os anime nos mais váriados aspectos, através dos filters (razão pela qual adicionei a seguir ao nome e número de episódios uma coluna com os anos e outra com as seasons, para fazer a média de ratings e... digamos que eu gosto de ter as minhas estatísticas sob controlo xD). Anyway, como eu ia a explicar, utilizando tal processo, a folha retornou-me um rating de 6,91 para Guilty Crown. Mais propriamente isto veio de: Story - 56, Character - 60, Art & Animation - 89, Music - 95, Enjoyment - 72. (E sim, os meus ratings continuam a ser altos, já que eu raramente sou capaz de dar algo abaixo de 50 - para mim a partir de 65 para baixo já é mau, apesar de saber que estou a distorcer completamente a escala -_-'' )

Ah, não jogo Persona 3 desde a última vez que falei contigo :( Tencionava fazê-lo estas férias mas até agora não foi possível e esta semana vai ser dedicada a ver anime, fazer um novo profile design e responder a toda a gente para quem estou em falta. (BTW, esta é a primeira resposta xD)
Um New Game + parece uma excelente opção. Se o MC está ao nível com que se termina o jogo, isso quer dizer que não se vai desperdiçar tanto tempo com o grinding, o que por sua vez faz com que se assimile a história mais linearmente e sem pausas de maior, pelo que deve ser bastante enjoyable. Anyway, a última coisa que fiz antes de ter deixado de jogar por este tempo todo foi vencer o Reaper xD Fi-lo à 7ª tentativa, com o MC a 64 e o resto nos 50s. Sei que devia ter esperado mais uns níveis, mas meti na cabeça que o queria fazer por isso lá fui. (Estava a fazer uma tarte de marisco para o almoço, deixava o comando na sala e quando ouvia a Fuuka avisar pela terceira vez que "Death is near" lá ia eu xD)

Estou a ver de novo Steins;Gate, desta vez com o meu pai. É o 4º anime que vejo pela segunda vez, e posso dizer que até acho uma experiência bastante boa, pelo que continuarei a guardar as minhas séries favoritas no disco^^

Bem, o que achaste de Another e Black Rock Shooter? (Não perdeste muita coisa nesta season, digo-te já. Daquilo em que peguei, Another foi o melhor, e mesmo assim nada de especial. Daquilo que não peguei, apenas há uma coisa que me desperta algum interesse: Mouretsu Pirates. Mesmo assim, muita gente diz que o plot se desenvolve demasiado lentamente... Mas é algo que pretendo definitivamente ver depois de completo.
Agora Spring 2012 é que está a parecer bastante bem. Na verdadem acho que nunca tive numa única season um número tão grande de anime que me interessassem. Claro que o número de coisas que vou acompanhar vai ser mais ou menos o mesmo, though. Sorte de apenas ter pegado em séries de 12 episódios a season passada.
Por agora estou a pensar seguir as seguintes séries:
Fate/Zero - por razões mais que óbvias^^;
Kuroko no Basuke - Adoro basket mas o único anime que conheço acerca do desporto é Slam Dunk, que com os seus 101 episódios e animação dos anos 90, não me atrai nada vê-lo. Para além de que ouvi que a história tem pacing de "telenovela" xD Anyway, fiquei bastante contente quando vi um anime sobre basket no chart, especialmente desde que vi Moshidora e Ookiku Fuributakke (este último bastante bom) e descobri que afinal até gosto de anime sobre desporto. Também me atrai o facto de o protagonista não ter uma posição de destaque na equipa (e ser relativamente baixo).
Tasogare OtomexAmnesia - Parece ser uma premisa interessante e dizem que a história é bastante boa. Além disso, Oonuma Shin está a frente da série. Adoro o trabalho dele em ef - a tale of memories e ef - a tale of melodies, assim como em Baka to Test. Aliás, os dois primeiros são, em termos de direcção artística, os melhores anime que vi, juntamente com Mawaru Penguindrum.
Zetman - Marvel vibes much? Parece bastante interessante, tanto pela premissa como pela PV.
Sakamichi no Apollon - Isto tem um hype um bocado grande devido à staff, mas confesso que a razão pela qual o anime me interessa tanto é... os character designs. Foi tipo, instant love com o poster e a PV confirmou isso. Acho que vai ser o meu "lightweight" desta season.
Jorgamund - Hum... Tenho dúvidas quanto a este. Espero que seja mais como Phantom: Requeim for the Phantom (o qual estou agora a ver e estou a gostar imenso - depois dou-te uma opinião mais extensa quando acabar) e menos como Black Lagoon. Mas... não é todos os dias que temos este tipo de anime, Steins;Gate fez-me querer ver mais da White Fox e a manga termina antes do anime, pelo que provavelmente será um trabalho completo. Logo, tenciono segui-lo.

Outras coisas que me interessam:
Ozuma - Parece interessante e são só 6 episódios. Vejo depois de acabar.
Accel World - Estava a pensar seguir este (e fá-lo-ia de certeza caso houvesse menos coisas que me interessassem nesta season) mas a premissa parece-me semelhante a Sword Art Online (mas ligeiramente inferior - BTW, eu dei uma olhadela ao primeiro volume da novel depois de me teres falado dela no Anipop e gostei bastante do que li. Quem me dera ter mais tempo para o fazer) e não estou com muita vontade de seguir ambos (já que SAO vai ser adaptado no verão) ao mesmo tempo. Mas é algo que verei de certeza após estar completo.
Natsuiro Kiseki - Algo que pus logo de lado ao ler a sinopse e ver o poster, mas por acaso vi a PV noutro dia e o final deixou-me curiosa. Vou esperar por primeiras impressões de outras pessoas (como sempre xD) e tomar aí a minha decisão.
Sankarea - Tem uma premissa que pode dar origem a algo muito bom ou Algo muito mau. Provavelmente vejo quando acabar, já que acho que já vou ver coisas a mais xD
Hiiro no Kakera - Outro que vou esperar por opiniões. Caso o feedback seja bom, vejo quando acabar, caso contrário, ponho de lado.
Hyouka - Interessa-me basante, mas tal como Sankarea, não cabe na minha line-up. Vou ver quando terminar.
Uuchu Kyoudai - Parece algo bom mas talvez um pouco boring. Mas bem... digamos que eu achava o mesmo de Usagi Drop e acabei por gostar bastante.

Summer 2012 também está a parecer bastante bom, BTW. Sword Art Online, Arcana Famiglia, Aruvu Rezuru: Kikai Jikake no Yousei-tachi são "must-watch" para mim e Hagure Yuusha no Estetica também parece bastante interessante (mas bolas, isto já são RPGs a mais), e claro que ainda vai haver muito mais a anunciar. Oh, e BTW, descobri hoje, ao ver esta awesome PV que Kajiura está encarregue da OST de SAO. One more reason for me to look forward to it.

Bem, como já disse, gosto de ter as minhas estatísticas em ordem xD (E ya, tive a contar manualmente o número de fillers em listas por isso foi preciso alguma paciência, sim^^') A qualidade dos fillers também é importante, tens toda a razão. Felizmente, a natureza mais cómica de Fairy Tail (relativamente a Naruto e Bleach pelo menos - nunca vi nada de One Piece), permite fillers episódicos e divertidos (se bem que tal seria estúpido se feitos muitos de uma vez) sem entrar em arcs sem sentido e que não avançam a história. Continuo a aconselhar Fairy Tail, BTW^^

O que queres dizer com "se as tiver"? o_O Eu acho que não aguentava sem uma pausa nesta altura do ano... Espero que tenhas as tuas férias da Páscoa!
BTW, por falar nesta altura do ano... Tenho que decidir aquilo que quero fazer com a minha vida. Ainda nem sequer decidi se quero ir para a área da Física ou da Informática... Muito menos o curso específico ou a Universidade.
Além disso, tenho uma pergunta para ti. Uma vez disseste-me que não era boa ideia ir para o técnico, mas eu tenho bastante gente a aconselhar-me a ir para lá.... Hum, bem, pelos vistos isto não é uma pergunta específica mas mais uma espécie de... pedido para desenvolver o tema, talvez? Anyway, se me puderes dar uma opinião mais extensa sobre o assunto... Agradecia imenso^^

Ainda não escrevi a review de Tiger & Bunny. Não abandonei a ideia mas não tenho tido lá muito tempo, o que faz com que quando tenha me falte a vontade... BTW, com o meu novo "rating system", Tiger & Bunny é agora um 8,91 xD

Quanto a D.Gray-man, digamos que não foi das melhores coisas que vi, mas também não é mau de um todo. Na verdade, o que irrita é o quão melhor poderia ter sido. A premissa e setting eram ambas excelentes, e a história em si também era bastante boa com vários eventos que pareciam não estar relacionados tendo, na verdade, conecções importantes. O anime aposta também um bocado no simbolismo religioso, o que não é nada mau, pelo contrário, para além de interessante, é relevante para a série (odeio quando enfiam simbolismo em todo o lado "just for the sake of it"). No entanto, apesar de ter tudo para ser uma muito boa série, falha na execução, especialmente em termos de pacing. Vou ser directa aqui: após um começo bastante bom (os primeiros 15 episódios ou assim), o anime fica extremamente boring. Os personagens tinham, supostamente, uma missão importante a realizar num determinado local mas, para além de terem o caminho obstruído por todas as razões possíveis e imagináveis, estavam sempre a voltar para trás pelos motivos mais irrelevantes enquanto a importância da tarefa que tinham era, ironicamente, constantemente sublinhada. Isto durante cerca de 35 episódios. Felizmente, voltou a ficar bastante bom na segunda metade, quando os protagonistas finalmente chegam ao seu destino e o plot (que tinha estado em "stand-by") continua o seu rumo. Quando é revelada mais informação acerca dos antagonistas e dos seus motivos, a coisa fica mesmo muito interessante e aí posso dizer que adorei o anime. Mesmo assim ainda houve um arc que não gostei nada devido ao quão "dragged-out" foram as lutas. Além disso, personagens que não tiveram development practicamente nenhum morrem e é suposto isso ser muito emocional e tal... No thanks. O final desse arc foi excelente, por acaso, em termos de revelações, mas aqueles 10~12 episódios foram difíceis de engolir. O último arc, no entanto foi a melhor parte do anime. O problema é que o anime... acaba. E acaba assim sem mais nem menos (e na melhor parte). Digamos que é como se cortassem a história, o que é uma pena (mais uma manga para eventualmente pegar - ainda tenho de apanhar Soul Eater, Pandora Hearts, Deadman Wonderland e Toaru Kagaku no Railgun -_-'' ).
A segunda maior falha do anime (a primeira é o pacing horrível e o facto da primeira metade ser toda fillers) é, na minha opinião, os personagens. Para uma série de 103 episódios, o character development é bastante escasso. Aliás, para além do protagonista, Allen, que tem uma boa dose de character development (by the way, gostei imenso dele como protagonista - não era demasiado cheerful, não era um tipo arrogante, e também não era um personagem passivo e com a auto-estima a arrastar pelo chão - parecia um tipo bastante... "normal", o que achei excelente). Desde a forma de ele ver as outras pessoas e o que estas significam para ele à compreensão dele mesmo e dos seus pontos fortes e fracos, aquilo que ele descobre acerca dele próprio e a posição em que isso o coloca, tudo isso é feito de uma forma bastante boa. Mas sem contar com ele, apenas mais três personagens têm algum desenvolvimento notável - Lenalee, Lavi e Tyki Mikk (sendo que este último é um dos vilões). O problema é que há membros do "main cast" que não referi aqui. É suposto serem personagens principais, mas são estáticos como tudo. Além disso, o "cast" de personagens secundários é enorme, e se nem os personagens principais são devidamente caracterizados, podes imaginar estes (o Tyki Mikk é a única excepção notável).
Apesar disso, a história em si é excelente e acredito que se não fossem 40 episódios de fillers em que esta não avança um centímetro e a coisa progredisse mais um pouco, teria gostado imenso do anime.

BTW, na última semana de aulas vi Mawaru Penguindrum, o qual entrou para a minha lista de favoritos e obteve a melhor score até agora no meu novo rating system. Adorei o anime por tudo o que teve para oferecer, e pelo modo como mudou a minha prespectiva de algumas coisas. Este é o melhor exemplo de uma história que deixa muita coisa em aberto para interpretação. Mas claro que tens todos os elementos necessários a uma interpretação sólida e bem fundamentada. Nada garante é que seja a mesma de uma outra igualmente fundamentada opinião de outra pessoa xD A narrativa não é exactamente fácil de seguir mas também não de muito difícil compreensão, mas desde que se pense um bocadinho e se esteja com atenção aos pormenores, é excelente. Os personagens são muito bons (excepto um personagem que acho não estar lá a fazer nada - a sua existência resume-se a um plot device que serve de motivação a um outro personagem) e passam por um desenvolvimento interessante. Depois tens uma grande lista de temas abordados que são no seu todo, uma crítica social bastate bem executada (bem, na verdade vão bastante além disso): a corrupção do poder, os extremos da vivência social (e a um nível mais geral, o tema da dualidade - há oposição em tudo está bastante presente), a importância da família, tendência de isolamento do "eu" devido às discrepâncias com o mundo exterior, a partilha dos fardos na vida, o modo como a atitude pode mudar drásticamente as coisas, o abandono social, o determinismo vs. libertismo, etc... Estas temáticas são abordadas de um modo bastante criativo, ajudado pela excelente direcção artística (absolutely awesome), o que, na minha opinião, incentiva bastante a reflexão pessoal. É também este modo de abordagem de tais questões que suponho ser o factor decisivo para algumas pessoas dizerem que o anime não faz qualquer sentido. É que há cenas, as quais não têm qualquer distinção específica de quaisquer outras, que não podem ser levadas à letra, ou seja, não é realmente aquilo que está a acontecer e a cena em questão é simplesmente uma metáfora para algo mais. Eu achei que a maioria dessas cenas eram fáceis de identificar como tal, though.
Por isso, aqui fica outra recomendação de um bom título. OPs bastante boas, uma história interessante com mensagens a passar, uma direcção artística excepcional, um script excelente e um uso bastante bom de um OST pouco convencional (pelo modo como mistura tipos completamente diferentes de música).
(Oh, e BTW, o meu novo list design é, obviamente, inspirado neste anime. O que achas?)

Não comecei a ler Herança pois dei prioridade a Fate/Zero. Apesar de já ter o livro aqui em casa desde que saiu xD Na verdade, tenciono voltar a ler todos de seguida, começando por Eragon, pelo que provavelmente deixarei a leitura para as férias de Verão.

E isto acabou por ser mais uma resposta extraordináriamente longa xD Bem, e tu, que tens a contar?
Inorin Mar 14, 2012 6:32 AM
Olá ♥ Tudo e contigo? ~
DunnoKrad Mar 10, 2012 4:51 PM
Se tivesse pronto sim xD
Ainda não sei xD tou a fazer 2, podia ir de qualquer 1 xD
DunnoKrad Mar 10, 2012 3:46 PM
Se nao tá pronto nao ia xDDD
DunnoKrad Mar 10, 2012 3:42 PM
Can't :/ No money.

Tambem o cosplay ainda nao está pronto, por isso ainda posso esperar xD
DunnoKrad Mar 10, 2012 3:38 PM
Vai indo e contigo? xD
DunnoKrad Mar 10, 2012 3:10 PM
Hello :3
Inorin Dec 25, 2011 9:58 AM
Obrigada e igualmente ♥
DunnoKrad Dec 24, 2011 10:24 AM
Olá, vai-se indo e contigo?

Bom natal e bom ano novo também para ti! :D
DunnoKrad Dec 10, 2011 9:46 AM
Hello!
Kairi Dec 8, 2011 10:13 AM
Peço imensa desculpa pela demora a responder, mas a escola não me tem dado descanso nenhum ultimamente e isto tem sido a minha menor preocupação ultimamente. x_x

Eu já acabei a história com a FeMC em P3P recentemente, aliás duas vezes, porque messed up nas flags de romance com o Ken e o Akihiko, e sem ter Lovers com esses dois não posso ter os finais extras. Bem, provavelmente já passaste essa parte, mas se bem me lembro com o Minato tens a escolha da Track Team, Swin Team e Kendo Team, eu geralmente escolho a de natação daí ter dito competição de natação. Com a FeMC só tens a escolha de voleibol e ténis, se não me engano. E aí vais a uma viagem em que encontras a Yukiko, versão mais nova. xD
Por acaso também adorei o Junpei, pensei que não fosse gostar dele, mas adorei a evolução dele. E ele sempre me pareceu dos mais "verdadeiros" ali, sei lá... Acho que é muito mais fácil identificarmo-nos com o Junpei que propriamente as outras personagens. A minha personagem favorita de P3 é a Yukari. Sei que é uma opinião controversa, porque metade dos fãs de P3 tem uma opinião bastante desfavorável dela (em especial depois do The Answer), mas eu adoro-a. Claro que considero que ela exagera por vezes, mas acho-a uma personagem extremamente interessante e adoro-a mesmo. O Shinjiro vem em segundo, também o adoro, especialmente depois do S. Link com a FeMC, acho que ele revela um lado que ajuda a uma maior afeição à personagem.

Ah okay, já fiquei mais esclarecida. Obrigada! Viste os designs da Mitsuru e do Akihiko? Para quem supostamente ia para a Universidade, parece que andaram ocupados. xD

Estou a ter Psicologia como tinha escolhido e Sociologia como imposição pela maioria da turma. xD Tinha escolhido Aplicações Informáticas (sei que não tem a ver com a área, mas achei que seria útil no contexto da Engenharia Informática, para não chegar lá em branco caso lá chegue xD). Infelizmente ainda não tive tempo de prosseguir muito no programa de Matemática A, comecei a estudar ao longo das férias e no início do ano, mas a partir do momento em que comecei a escola "mesmo a sério", só trabalhos e testes uns atrás dos outros e entretanto nunca mais lhe consegui pegar. Vou ver se aproveito as férias de Natal, nem que seja só um pouco. Até porque o PC vai para arranjar, por isso não vou ter grandes distracções. xD E obrigada, peço desculpa se acabar por chatear mais tarde, mas tenho a certeza que irão surgir dúvidas. xD

4º ano? Já falta pouco para acabar então suponho! (Acho, não sei que grau pretendes tirar xD). Duvido que 4 anos depois tenha mudado muito, por isso deve estar na mesma. Mas pronto, já suspeitava que não preparasse para o ritmo. ._. Mas enfim, é como dizes tenho de me adaptar, a vida não há-de ser igual para todo o sempre mesmo.
Bem, em relação a Eng. Informática, em princípio seria mesmo a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Nova. Já me falaram do IST também, mas segundo investiguei ano passado teve o último candidato com média mais elevada entre as ofertas de Eng. Informática e como estou a ter dificuldade em manter a média de 17 de frequência do secundário (quanto mais aumentá-la), duvido que com a nota de tragédia que possivelmente terei no exame, é melhor esquecer. Além disso, o namorado da minha irmã está na FCT, por isso até me dá uma maior noção do ambiente. xD

Em relação a cursos de Letras, ainda não faço muito bem ideia de qual vou seguir, mas a maior parte dos que me interessam estão na FCSH da Nova também. xD

Não tenho tradição de ir ao Iberanime, mas dependendo do programa este ano, provavelmente também lá vou estar. xD